TOCA, TOCA E NUNCA PARES!

Tocar é importante para as nossas necessidades primárias e para o bem-estar da nossa saúde mental e emocional.

 

O toque pode ser uma técnica incrível para obter um orgasmo… Eu acredito que na maioria nós os mamíferos somos criaturas que gostam de ser tocadas… Mas primeiro vamos explorar um pouco esta sensação incrível… Pense durante algum tempo sobre o comportamento dos cães, gatos, vacas… até golfinhos… quando eles te deixam tocar parece que nunca querem que pares, não é?

Bom, os nervos são aquilo que dá aos humanos o sentimento de toque, que permite perceber se algo está quente ou frio, mas também são os nervos que permitem ás pessoas sentir prazer e estimulação.

 

Muitas pessoas afirmam que podiam perder-se nas horas a tocar-se a si próprias ou a ser tocadas pelo seu parceiro.

 

Tocar cria

Mas a verdade é que existe o toque não-sexual para uma intimidade mais intensa e para mostrar maior afeto durante o dia. Uma chapadinha no rabo do teu parceiro enquanto cozinhas o jantar, por exemplo.
Há um toque terapêutico quando recebemos uma massagem ou um toque mais suave quando sentimos alguma ansiedade e precisamos ser acariciados através do toque físico para ficar calmos. Por tanto, tocar cria e permite um curso abundante da hormona ocitocina, a hormona do amor.

Toque erótico

No entanto existe algo mais profundo que nos faz despertar quando o toque é explorado. Existe um toque que a maioria ignora, no entanto eu sinto que se beneficia imenso ao traze-lo para o nosso dia-a-dia…

E que tal um toque mais sensual e orgásmico? Um toque erótico. Um toque que aumenta a nossa energia sexual permitindo-nos chegar a níveis de êxtase muito altos?
E se nós pudéssemos trazer-nos a nós mesmos, através do toque a um estado de orgasmo incrível?
Eu encorajou que dê a si próprio prazer, tocando outras áreas do seu corpo… pode começar por tocar suavemente nos seus ombros e pescoço ou passar uma pena nos seus pés, pernas, rabo, lábios… use brinquedos, óleos, velas, musica, vídeos tudo é permitido. Respire fundo e devagar… e porque não? Mexa a sua cintura para cima e baixo ou em círculos, como gostar… Esta é a área onde reside a sua energia sexual… sinta aquilo que está experienciando… enquanto toca em cada parte do seu corpo sinta de novo a sua respiração, continue a respirar devagar e fundo… toque a si própria e imagine, deixe que o prazer fluir desde a sua cabeça até aos seus pés como uma serie de mini orgasmos

 

Imagine expandir o seu prazer e orgasmo até a um outro nível de êxtase!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *